REPÚBLICA DE FIUME, 8 ANOS


Uma estética da violência antes de ser primitiva é revolucionária, eis aí o ponto inicial para que o colonizador compreenda a existência do colonizado; somente conscientizando sua possibilidade única, a violência, o colonizador pode compreender, pelo horror, a força da cultura que ele explora. 
Enquanto não ergue as armas, o colonizado é um escravo; foi preciso um primeiro policial morto para que o francês percebesse um argelino.

Glauber Rocha



REPÚBLICA DE FIUME

7 Comments:

At 12 de setembro de 2014 06:32, Anonymous Anônimo said...

Vida longa!

 
At 18 de setembro de 2014 08:44, Anonymous Timothy Leary said...

Grande bosta! hahaha

Abraços!!

 
At 19 de setembro de 2014 08:22, Anonymous Anônimo said...

huh

 
At 2 de outubro de 2014 17:18, Anonymous Anônimo said...

Antifa até a morte! Fya down Babylon! O gueto nunca morrerá!

 
At 27 de outubro de 2014 22:22, Anonymous Music promote said...

Really love this Music blog. It was a great site and Just love this site a lot because of such beautiful music and soulful tunes. I have a similar site that represent various artist and their music. If you interested just let me know. Free Music Promotion

 
At 28 de outubro de 2014 05:50, Anonymous Anônimo said...

POW! é muitor amor fiume! valeu

 
At 30 de março de 2015 17:15, Anonymous Catia Cernov said...

qe o caos esteja conosco. Estou tentando enviar testox por email mas nao consigo. Trabalho com poesia libertaria, filosofia de kaos e terrorismo poetico. catiacernov9@hotmail.com
Trabalho com conceito de Crianças Selvagens (hakym bey) e ensino libertario

 

Postar um comentário

<< Home